INFLUÊNCIA DE TRÊS VARIEDADES DE MILHO (ZEA MAYS, L.) E DOIS SUBSTRATOS NA PRODUÇÃO DE FORRAGEM HIDROPÔNICA

Anice Garcia, Thiago M. Fraga, Lucas Ferrari, Daniel Carvalho Leite, Simone Tannous

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo avaliar a composição química e bromatológica da forragem
de milho hidropônico para alimentação animal. A forragem foi cultivada no setor de olericultura da Faculdade “Dr.
Francisco Maeda” no município de Ituverava-SP, utilizando sementes de três variedades de milho sem tratamento
produzidas pela Coordenadoria de Assistência Técnica e Integral (CATI), (AL – 30, AL –34 XV e AL –Bandeirante).
Foram testadas três variedades em dois substratos com quatro repetições aleatoriamente em esquema fatorial. Cada
tratamento foi composto por uma variedade diferente, cultivadas em dois tipo de substrato (bagaço de cana e palha
de arroz), na densidade de semeadura (2Kg/m2) e com idade de corte de 41 dias. Nas condições de clima estudadas,
concluiu-se que a forragem de milho hidropônico obtida pelas três cultivares apresentou níveis considerados
adequados de nutrientes e alto potencial de forragem para uso na alimentação animal, sendo que a palha de arroz
produziu uma forragem de melhor qualidade.

Palavras-chave


Bagaço de cana. Palha de arroz. Forragem. Hidroponia.Sugarcane bagasse. Rice hulls. Forage. Hydroponics method.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v1i1.253