AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DAS SILAGENS DE GIRASSOL, MILHO, SORGO E MILHETO EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS

Willian Garofo Amin, Sílvio de Paula Mello

Resumo


O experimento foi realizado no Campus da FAFRAM, Faculdade “Dr. Francisco Maeda”, no
município de Ituverava – SP, com objetivo de avaliar a qualidade de silagem nas culturas de girassol, milho,
milheto e sorgo em diferentes espaçamentos. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em um
esquema fatorial 4 x 4 (4 culturas e 4 espaçamentos), totalizando 16 tratamentos com duas repetições. Cada
parcela foi constituída por três metros lineares, espaçadas de 0,50, 0,60, 0,70 e 0,80 metros. Os dados foram
submetidos à análise de variância e comparação das médias pelo teste de Tukey, tendo estabelecido o nível de 5%
de probabilidade de erro. A análise bromatológica das silagens foi realizada para obter as porcentagens de matéria
seca (MS), proteína bruta (PB) e nitrogênio. As análises foram realizadas pelo laboratório de bromatologia da
Faculdade Dr. Francisco Maeda – FAFRAM. A cultura do sorgo apresentou 28,49 % de matéria seca e a cultura do
milheto apresentou 7,32 % de proteína bruta e 1,17 % de nitrogênio, sendo porcentagens significativas. Quanto aos
espaçamentos de 0,50, 0,60, 0,70 e 0,80 m as médias de % MS, % PB e % N não foram significativas. Concluiu-se
que, a cultura que se destacou nas porcentagens de matéria seca foi o sorgo e nas porcentagens de proteína bruta
foi a do milheto. Independentemente dos espaçamentos, as silagens apresentaram boas qualidades.

Palavras-chave


Silagens. Qualidade. Espaçamentos. Silage. Quality. Spacings.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v1i1.259