ACROPOSTITE-FIMOSE EM TOUROS – REVISÃO DE LITERATURA E RELATO DE CASO

Samuel dos Santos Sousa, Yuri da Silva Bonacin, Gabriel Luiz Montanhim, Lara Helena De Souza Santos, José Antônio Marques, Deborah Penteado Martins Dias

Resumo


A acropostite-fimose em touros se refere ao processo inflamatório da extremidade do prepúcio, afecção que pode resultar em incapacidade reprodutiva e perdas econômicas. Aspectos morfológicos do prepúcio de touros zebuínos (Bos indicus), fazem com que os mesmos sejam mais acometidos que raças taurinas (Bos taurus) e mestiços. O tratamento pode ser conservativo ou cirúrgico, dependendo do grau de comprometimento e cronicidade da lesão. Este trabalho apresenta revisão de literatura sobre acropostite-fimose e descreve o caso de um touro da raça Nelore submetido à postoplastia em “V”. A técnica cirúrgica utilizada demonstrou-se de fácil execução e eficaz em corrigir a afecção. O touro não apresentou complicações pós-operatórias e a atividade reprodutiva foi retomada em 60 dias.

Palavras-chave


Bovino. Cirurgia. Postoplastia. Prepúcio. Reprodução.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/21751463.2928