CAPIM-ELEFANTE: UM RECURSO BIOENERGÉTICO

Francisco Gleyson da Silveira Alves, Shirlenne Ferreira Silva, Francisco Naysson de Sousa Santos, Maria Socorro de Souza Carneiro

Resumo


As fontes de energia hoje usadas pelo homem não são renováveis e se encontram em condições limites. Logo, o uso sem controle e insustentável dessas procedências de energia fez com que o complexo energético mundial entrasse em estado de alerta, sendo necessária a busca por novos meios alternativos e renováveis de energia. A mudança de atitude no consumo de energia tende a diminuir o aproveitamento de recursos naturais, diminuindo os impactos no meio ambiente e para que essa mudança aconteça o uso de biomassa como fonte energética é uma opção. A energia oriunda da biomassa vegetal representa um grande desafio para a ciência, pois os combustíveis de origem fóssil e seus derivados são fontes finitas e ameaçam o meio ambiente. Dentre as plantas forrageiras que podem ser usadas para produção de bioenergia o capim-elefante ganha destaque por possuir características quantitativas e qualitativas que torna possível seu uso para fabricação de energia renovável, faltando apenas ajustes tecnológicos para que isso ocorra.

Palavras-chave


Biomassa; Energia renovável; Pennisetum purpureum

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/21751463.3032