ÍNDICES DE CONFORTO NA AVALIAÇÃO DO BEM ESTAR ANIMAL DE MATRIZES SUÍNAS EM DIFERENTES SISTEMAS DE CRIAÇÃO

Renata de Fátima Vieira Nogueira, Késia Oliveira Silva, Sílvio de Paula Mello, José Reinaldo Martins

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar o bem estar animal de matrizes suínas em diferentes sistemas de criação. O experimento foi conduzido no Setor de Suinocultura do Sítio das Acácias da Faculdade Dr. Francisco Maeda, localizada no município de Ituverava-SP. Foram selecionadas quatro matrizes com as mesmas características fisiológicas (número de partos, idade e raça) e mesma data do parto. Duas matrizes foram dispostas em baias individuais com gaiola e outras duas colocadas em baias sem gaiola, com cama sobreposta (maravalha). O delineamento experimental adotado para análise foi o inteiramente ao acaso (DIC) adotando-se como tratamentos os sistemas de alojamento em baias com gaiola e baias sem gaiola com cama sobreposta, com duas porcas em cada tratamento. Os índices ambientais e fisiológicos, independente do sistema de alojamento, apresentaram-se próximos ou além da zona de conforto para matrizes em lactação.

Palavras-chave


Suíno. Bem-estar animal. Cama-sobreposta. Animal welfare; Pig farming.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v2i1.367