QUALIDADE DO LEITE DE VACAS COLETADO EM ORDENHA MECÂNICA E MANUAL EM PROPRIEDADES NA REGIÃO DE ARAMINA-SP

Vânia Moyzés Cheibub Vieira, Guido Cardoso Junior, Edmilson Rodrigo Daneze, Silvio de Paula Mello

Resumo


Conduziu-se um ensaio na região de Aramina-SP, no período de janeiro a julho de 2006, com o objetivo de avaliar a qualidade do leite ordenhado mecânica e manualmente em duas propriedades da região de Aramina-SP. Para isso, foram realizados testes de acidez, densidade e crioscopia. Ao final do experimento pode-se concluir que o leite proveniente de ordenha mecânica apresentou resultados melhores com relação à ordenha manual, com médias de 16,40°D (Dornic) para acidez, densidade de 1030,02 g/litro e crioscopia de –0,538°C.

Palavras-chave


Qualidade, Leite, Bovinos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v2i2.429