AVALIAÇÃO MORFOMÉTRICA DOS TÚBULOS CONTORCIDOS PROXIMAIS DE RATOS DIABÉTICOS TRATADOS COM NEEM (Azadirachta indica, A. Juss) E ESTREPTOZOOTOCINA 6 CH

Mariana Dulce Delle Vedove Ortolan, Maria Rita Pacheco, Annita Morais Girardi, Silvana Martinez Baraldi-Artoni, Edanir dos Santos, Fabiana Ribeiro Barreiro

Resumo


Foram avaliados os efeitos de extratos de Azadirachta indica, A. Juss e da estreptozootocina em ultra alta diluições em sistemas dinamizados sobre a morfometria dos túbulos contorcidos proximais de ratos com diabetes mellitus induzida por estreptozootocina, já que este segmento do néfron absorve a totalidade da glicose contida no filtrado glomerular. Os resultados morfométricos obtidos indicaram diferenças significativas entre os tratamentos para os parâmetros mensurados no núcleo das células dos túbulos contorcidos proximais, bem como na espessura das células destes túbulos. O grupo controle branco apresentou os maiores valores médios para todos os parâmetros analisados, comparado aos demais grupos experimentais.

Palavras-chave


Azadirachta indica, diabetes mellitus, estreptozootocina, morfometria, rim

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v2i2.470