CASOS DE MASTITE SUBCLÍNICA EM VACAS GIROLANDA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO DO ANO, NA REGIÃO DO LITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Andrezza Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos diferentes períodos do ano, sobre a incidência de casos de mastite subclínica em vacas Girolanda, em uma fazenda na região do Litoral do Rio Grande do Norte. Para isso, foi realizado o California Mastits Test, no leite das vacas multíparas e primíparas, durante a ordenha da manhã. O período de estudo foi durante os meses de novembro de 2005 a novembro de 2006. Verificou-se que o período do ano afetou a ocorrência de casos de mastite subclínica nas vacas. Maior quantidade de casos da doença ocorreu no período chuvoso do ano, com valores de 59,8 % (tetos) e de 81,6% (animais).

Palavras-chave


Bovinos; Leite; Incidência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v4i1.658