NEFRECTOMIA UNILATERAL EM CADELA PARASITADA POR Dioctophyma renale : RELATO DE CASO

Larissa Hermeto, Juliana Rosa Carrijo Mauad, Douglas Rodrigo Mattei, Ana Paula Ferreira Ferrarezi, Arlene Sobrinho Ventura

Resumo


O dioctophyma renale, conhecido como verme gigante renal é um nematóide de ocorrência mundial que parasita os rins, podendo ser encontrado na cavidade peritoneal e em outros órgãos do cão, e em outras espécies de animais domésticos e silvestres, inclusive o homem. Foi atendida uma cadela sem raça definida, apresentando secreção vaginal sanguinolenta persistente, neoformação vaginal, hiporexia e hematúria. Foram solicitados exames complementares, e através da ultrassonografia abdominal foi detectada imagem sugestiva de dioctofimose, a qual confirmou-se com a visualização de ovos característicos de Dioctophyma renale no sedimento urinário. Após o diagnóstico, foi realizado laparotomia exploratória seguido de nefrectomia do rim direito, e após a conduta terapêutica o animal apresentou excelente recuperação. O presente relato ressalta a importância dos exames complementares para o diagnóstico efetivo, o que proporciona recuperação total do animal parasitado.

Palavras-chave


Cães; Dioctofimose; Laparotomia exploratória

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v4i1.674