OCORRÊNCIA DE PARASITAS INTESTINAIS COM POTENCIAL ZOONÓTICO EM AMOSTRAS FECAIS DE CÃES, COLETADAS EM PRAÇAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE ITUVERAVA, SP, BRASIL

Romeu Moreira dos Santos

Resumo


Em várias cidades do país, numerosa população canina circula livremente pelas ruas e praças públicas, alguns deles levados pelos proprietários. Nesses locais, os cães podem defecar, contaminando o solo com vários tipos e formas de parasitas potencialmente causadores de zoonoses. Atualmente existe uma preocupação muito grande com relação a estes parasitas, devido ao contato cada vez mais próximo de pessoas com seus animais de estimação. O objetivo do presente trabalho foi verificar a ocorrência dos principais parasitas intestinais com potencial zoonótico em amostras fecais de cães, coletadas em praças públicas do município de Ituverava-SP. Foram coletadas 84 amostras frescas de fezes de cães em sete praças públicas de Ituverava-SP, no período de março a junho de 2009. Como método de análise das amostras fecais utilizou-se a técnica de Willis-Mollay (flutuação fecal). No total de amostras analisadas 49 foram negativas e 35 positivas para presença de ovos de helmintos, observando uma maior incidência de ovos de Ancylostoma sp. (29 amostras) e em menores números ovos de Toxocara sp. (4 amostras) e Dipilidium sp. (2 amostras), não sendo ainda encontrados em nenhuma das amostras ovos de Giárdia sp., Isospora sp. e Trichuris sp. Concluiu-se que existe um risco de contagio para animais e pessoas que freqüentam estas praças, indicando a existência de um problema de saúde pública.

Palavras-chave


Saúde Pública; Parasita com Potencial Zoonótico; Cães.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v4i2.785