MASTITE CANINA PÓS PARTO: RELATO DE CASO

André Luiz Mascoli Nascimento, Karoline Camila Valeriano, Aline Gomes de Campos, Cleber Jacob Silva de Paula, Renato Bruno Prisco

Resumo


A mastite é um processo infeccioso agudo caracterizado pela inflamação da glândula mamária, que modifica o tecido glandular com capacidade de alterar os aspectos físicos e químicos do leite. A doença ocorre devido à toxina, trauma, alergia, doenças metabólicas ou infecciosas, sendo as bactérias os principais causadores desta doença. Em cães é comum no período pós-parto, complicação devido à pseudociese, alta produção de leite, falta de higiene ou microorganismos. Os sintomas podem ser tanto agudo como crônico, sendo que na aguda a glândula mamária apresenta secreção anormal, dor, calor, rubor, depressão, quadros de febre e alterações sistêmicas; em casos crônicos ocorrem nódulos mamários, enrijecimento difuso do parênquima mamário, pontos de necrose com fistulações, e sinais sistêmicos. O objetivo deste trabalho foi relatar um caso clinico de mastite necrosante em cadela, abordando tratamento, sinais clínicos e diagnóstico, devido ser uma afecção rara.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.