ACURÁCIA TEMÁTICA DO CLASSIFICADOR POR MÁXIMA VEROSSIMILHANÇA EM IMAGEM DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL DO SATÉLITE GEOEYE-1

Danilo Ferreira Mendes, Samuel Ferreira da Silva, Jéferson Luiz Ferrari, Alexandre Rosa dos Santos, Ricardo Ferreira Garcia

Resumo


Este estudo avalia a acurácia temática do classificador máxima verossimilhança em uma imagem de alta resolução espacial do satélite Geoeye-1. A área em estudo refere-se à sub-bacia hidrográfica do córrego Horizonte, Alegre, ES e as classes analisadas foram área agricultada, área urbana, fragmento florestal, hidrografia, pastagem e solo exposto. A qualidade do mapa temático foi avaliada pela estatística kappa, exatidão global, acurácias do produtor e do usuário, tendo como referência o mapeamento das classes na escala cartográfica de 1:2.000. Os resultados mostram que a classificação automática conferida pelo classificador apresenta bons resultados de índice kappa (58,34%) e de exatidão global (71,41%). Dentre as classes avaliadas, as de fragmento florestal e de pastagem foram aquelas que apresentaram as melhores exatidões e precisões. O reconhecimento das demais classes como área agricultada, área urbana, hidrografia e solo exposto, em função da complexidade da paisagem e de suas pequenas dimensões na área de estudo, depende do uso de técnicas de fotointerpretação para maiores precisões.

Palavras-chave


Sensoriamento remoto; Classificação de imagens; Índice kappa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.1011