UTILIZAÇÃO DO PILOTO AUTOMATICO NO PLANTIO MECANIZADO DA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR (Saccharum spp), ALTO TAQUARI-MT.

Júlio Joaquim Almeida Júnior, Alexandre Caetano Perozini, Paula Cileia Thomas

Resumo


Na busca de objetivos e métodos sustentáveis de produção, surgiram novas práticas agrícolas. Entre as tecnologias que surgiram, estão os conceitos da agricultura de precisão e dentro deste conceito a existência do piloto automático, uma ferramenta que controla o trator por meio de uma correção DGPS em infinitas linhas paralelas a partir dos pontos A e B informados pelo operador. O presente trabalho tem como objetivo avaliar o piloto automático no plantio mecanizado da cana-de-açúcar. O experimento foi conduzido na Fazenda Granada, no município de Alto Taquari – MT, região sudeste do Estado do Mato Grosso. O trabalho foi realizado com seis tratores acoplados com uma plantadora de cana picada e equipados com piloto automático. Para avaliar o Piloto automático, foi medido o paralelismo entre as linhas de plantio, sendo feito um levantamento com vinte amostras em locais diferentes. O sistema de piloto automático mostrou ser bastante eficiente no que diz respeito ao paralelismo no plantio de cana-de-açúcar. Quando comparado ao sistema convencional, o piloto automático foi estatisticamente diferente apresentando-se mais eficiente e constante do que o sistema convencional no plantio de cana-de-açúcar.

Palavras-chave


Chave: Mecanização; Automação Agrícola; GPS.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.1371