TESTE DE GERMINAÇÃO E DE VIGOR EM SEMENTES DE MILHO TRATADAS COM MICRONUTRIENTES E FLAVONÓIDES

Silvelena Vanzolini Segato, Flaviani Mosconi

Resumo


A gama de produtos utilizados no tratamento de sementes vai de fungicida passando por inseticida, micronutrientes, compostos orgânicos, chegando até em estimulantes. Assim, se objetivou verificar a germinação e o vigor de sementes de milho tratadas com produto a base de micronutrientes e flavonóides. O experimento foi conduzido com três lotes de sementes de milho (híbrido simples, duplo e triplo) de mesma classificação, tratados e não com o produto. No laboratório de análise de sementes, da Faculdade “Dr. Francisco Maeda”, em Ituverava/SP realizou-se o teste de germinação, envelhecimento acelerado e teste de frio. Há diferença no desempenho dos híbridos no tratamento de sementes de milho com o produto a base de micronutrientes e flavonóides. Testes de vigor são mais sensíveis para diferir o desempenho de sementes frente ao tratamento imposto do que o teste de germinação.

Palavras-chave


Híbridos, Estimulante, Cobalto, Zinco, Molibdênio, Boro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.1439