ATRIBUTOS FÍSICOS EM ABACATES (Persa americana L) PROVENIENTES DA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO – SP

Antônio Luís de Oliveira, Maria Amália Brunini, Marcelo Luís Visicato, Antonia Maria Ferraz de Siqueira, Daniel Barbosa Varanda

Resumo


Foram avaliadas, durante as safras de 2000 e 2001, as características físicas de abacates das variedades Breda, Collinson, Fortuna, Geada, Manteiga, Margarida, Ouro Verde, Pollock e Prince nos estágios “de vez ” e “maduros”, provenientes da região de Ribeirão Preto-Sp. Os frutos foram analisados quanto ao peso médio, índice de formato, rendimento em polpa, casca e caroço, textura do fruto com casca, sem casca e coloração. Os abacates “Breda” mostraram qualidade superior, pois apresentaram maior resistência tanto no estágio “de vez” como “maduro”, sugerindo serem mais resistentes ao manuseio, apresentando, portanto bom potencial de comercialização e conservação pós-colheita; o cultivar “Fortuna” evidenciou maior rendimento em polpa (81, 46% no fruto estágio “de vez”) e nos da “Collinson” no estádio “maduro” (83,05) sugerindo maior potencial para industrialização; as diferenças nos pesos dos frutos e nos rendimentos em polpa demonstra a grande variabilidade entre os cultivares estudados.

Palavras-chave


Abacates. Cultivares. Polpa. Textura. Rendimento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/nucleus.v1i1.232