CONHECIMENTO: A PASSAGEM PARA A MODERNIDADE

Maria Aparecida Zero Soares

Resumo


O conhecimento pode ser entendido como o conjunto de saberes que tenta esclarecer o mundo, ou o pensamento que resulta da relação que se estabelece entre o sujeito que conhece e o objeto a ser conhecido. Pode designar o alto de conhecer, enquanto relação que se estabelece entre consciência que conhece e o mundo conhecido.Mas também se refere ao produto, ao resultado do conteúdo desse ato, ou seja, o saber adquirido e acumulado pelo homem. No decorrer dos tempos, o conhecimento e a razão adquiririam formas diferentes, dependendo da maneira pelo qual o Homem entra em contato com o mundo que o cerca.
Nesta evolução predominam as divergências e as contradições. A evolução do pensamento filosófico é, antes de tudo, marcha de posições doutrinárias que se esforçam pro vencer as opostas.
Considerando que ele é oriundo de um certo tipo de organização social, é por definição histórico (e aqui a participação de Sócrates é fundamental). Pode-se perceber ao longo do tempo grandes saltos na maneira de pensar, sentir e organizar o conhecimento.
Ao percorrer o caminho trilhado pelo conhecimento, houve necessidade de viajar a um tempo mais remoto, a fim de resgatar idéias, conceitos e pensadores que incluíram de forma decisiva nessas transformações. Uma abordagem histórica também se fez necessária para contextualizar e fundamentar o estudo do tema em questão.
Farei então, uma análise das idéias humanas no tempo e no espaço e a evolução da racionalidade humana, principalmente, a partir da Idade Média até a crise contemporânea.

Palavras-chave


Filosofia. Saber. Desenvolvimento intelectual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/nucleus.v1i1.236