UMA ABORDAGEM DA NUTRIGENÔMICA E NUTRIGENÉTICA NO ASPECTO NUTRICIONAL NA INTERAÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS

Larissa Beatriz Pessoa Olguin

Resumo


A nutrigenômica refere ao estudo dos compostos que atuam na modulação da expressão gênica, enquanto a nutrigenética estuda o efeito da variação genética na interação entre dieta e doença. O objetivo é identificar as interações entre os fatores genéticos e os fatores ambientais na etiologia das doenças crônicas como obesidade, diabetes mellitus tipo 2, desordens cardiovas¬culares e câncer. Com a literatura, os dados observados afirmam que fatores ambientais, principalmente a dieta, podem desencadear diferentes respostas entre os indivíduos em função da variabilidade genética ou polimorfismos. A tecnologia atual permite a identificação de mais de 500 mil polimorfismos por pessoa, porém, somente alguns têm efeito funcional. Em eventos epigenéticos, os polimorfismos são responsáveis pela alteração do fenótipo e até mesmo pelas funções dos genes, podendo resultar em alterações metabólicas como no aumento ou redução da necessidade de ingestão dos nutrientes e consequência de surgir várias doenças. Conclui-se propor uma visão geral dos aspectos básicos que integram o conceito da nutrigenoma e nutrigenetica nas intervenções nutricionais, estudos epidemiológicos e intervenção para entender como os nutrientes modulam os mecanismos das doenças crônicas.

Palavras-chave: Nutrigenômica. Nutrigenética. Doenças Crônicas. Genes. Nutrientes.

Palavras-chave


Nutrigenômica; Nutrigenética; Doenças Crônicas; Genes; Nutrientes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.2927