ANÁLISE DE RISCO SOBRE O IMPACTO DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS NA DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA PINTA PRETA DO MAMOEIRO NO BRASIL

Willian Bucker Moraes, Wanderson Bucker Moraes, Fernando Carrara Cosmi, Waldir Cintra de Jesus Junior, Roberto Avelino Cecílio, Ranolfo Valadares Júnior, Antônio Fernando de Souza

Resumo


O mamoeiro apresenta ampla distribuição geográfica, o que demonstra a grande capacidade de adaptação a diferentes condições climáticas, sendo uma fruteira de clima tropical. As mudanças climáticas globais (MCG) previstas para as próximas décadas poderão alterar os problemas fitossanitários da cultura do mamoeiro, de modo que é necessário e urgente entender os impactos dessas MCG sobre as doenças de modo a evitá-los. O presente trabalho visou analisar possíveis impactos MCG sobre a pinta preta do mamoeiro no Brasil, através da elaboração de mapas de distribuição da doença feitos a partir dos cenários do IPCC. Os mapas mostram redução da área favorável à doença em relação ao clima atual para os cenários futuros (cenário A2 quanto para o B2). As reduções na incidência da doença serão mais pronunciadas para o cenário A2 que para o cenário B2. Esse fato provavelmente está relacionado à redução da umidade relativa média para níveis desfavoráveis à ocorrência da doença, ou seja, para valores abaixo de 70% e aumento da temperatura média acima de 27°C.

Palavras-chave


aquecimento global, doenças de plantas, sistema de informação geográfico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/nucleus.v8i2.557