AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DE CULTIVARES DE MAMONA SEMEADA EM LONDRINA, PR

Thiago Ometto ZORZENONI, Ricardo Shigueru Okumura, Daiane de Cinque Mariano, Paulo Vicente Contador Zaccheo, Cássio Egídio Cavenaghi Prete

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de cultivares de mamona na região de Londrina – PR. O estudo foi instalado em 14 de outubro de 2005, a campo, na Fazenda Escola da Universidade Estadual de Londrina. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com 4 repetições, sendo os tratamentos constituídos pelas 9 cultivares, das quais são 2 híbridos (Savana e Íris), 4 variedades (IAC Guarani, IAC 80, IAC 226 e AL Guarany 2002) e 3 variedades locais (Preta, Coti e Sangue de Boi). Verifica-se que as boas condições ambientais favoreceram o bom desenvolvimento da cultura da mamona, sendo que a porcentagem de emergência à campo das plântulas foi elevada para os híbridos. Com relação às épocas de floração observa-se que os híbridos Savana e Íris foram as mais precoces, seguidos pelas variedades IAC-226 e AL Guarany 2002 e, por fim as variedades IAC-80, Coti e Sangue de Boi as mais tardias. Constata-se que a cultivar IAC Guarani foi a mais produtiva, em contrapartida a menor produtividade foi proporcionada pelas cultivares IAC-80, AL Guarany 2002 e Sangue de Boi.

Palavras-chave


Ricinus communis L.; Época de floração; Desenvolvimento vegetativo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/nucleus.v8i2.572