A Modalidade Epistêmica nos Discursos Políticos

Lisângela Aparecida Guiraldelli, Lívia Maria de Souza Maciel Nogueira, Janayna Dantas Ferreira da Silva, Priscila Gomes da Silva

Resumo


A presente pesquisa tem por objetivo analisar as manifestações da modalidade epistêmica na língua portuguesa, especificamente no português escrito do Brasil, visto que a modalidade epistêmica está relacionada ao comprometimento do falante com a verdade do enunciado. As análises das funções comunicativas das estruturas gramaticais modalizadoras foram feitas em discursos políticos retirados de sites especializados, proferidos pelo atual presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, em diferentes momentos de seu governo. A escolha deste corpus se justifica pelo fato de os discursos políticos assumirem um papel importante na persuasão e também pelo fato de favorecerem o surgimento de valores epistêmicos. Esse trabalho se desenvolve dentro de uma perspectiva funcionalista da linguagem, já que o entendimento de uma estrutura só poderá ser atingido se consideradas suas funções semânticas e comunicativas.

Palavras-chave


Modalidade; Epistêmico; Funcionalismo; Discurso Político

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/nucleus.v8i2.626