A INTERINFLUÊNCIA TEÓRICA DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E DAS COMPETÊNCIAS NA EMPREGABILIDADE

Pauline Balabuch de Goes, Luiz Alberto Pilatti

Resumo


O presente estudo teve por objetivo verificar a relação que há entre os conceitos de empregabilidade, competências e formação profissional. A metodologia empregada foi o método qualitativo, porque permitiu analisar, compreender e classificar dados literários que foram relacionados e se transformaram em conhecimentos. A ferramenta utilizada foi a pesquisa de literatura através da análise de conteúdo. O nível de pesquisa utilizado foi o descritivo porque se objetivou descrever os conceitos já registrados sobre os temas estudados. E o tipo de pesquisa utilizado foi a pesquisa bibliográfica, pois diz respeito à busca de referências publicadas sobre o tema escolhido de pesquisa, para analisar e discutir as contribuições culturais e cientificas do mesmo. Como resultado foi constatado que empregabilidade é capacidade o indivíduo conquistar, manter e crescer em sua ocupação laborativa, enquanto que competências tratam de características de perfil, tanto do cargo como do colaborador nas empresas, e a formação profissional diz respeito à capacitação do jovem/adulto para o mercado de trabalho. A relação, portanto, que há entre os conceitos de empregabilidade, competências e formação profissional diz respeito a dependência que um conceito proporciona ao outro. E que estes três conceitos relacionados entre si corroboram para possibilitar a diminuição de GAP’s apresentados pelo jovem/adulto trabalhador.

Palavras-chave


empregabilidade; competências; formação profissional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.834