PRODUÇÃO DO PARASITÓIDE Cotesia flavipes (HYMENOPTERA: BRACONIDAE) PARA CONTROLE BIOLÓGICO DA BROCA DA CANA-DE-AÇÚCAR (Diatraea saccharalis) (LEPIDOPTERA: CRAMBIDAE)

karoline fernandes rodrigues, Fabiana Ruscitti Diniz, Marta Maria Rossi

Resumo


Desde a introdução do parasitóide larval Cotesia flavipes no Brasil, em 1971 pesquisas foram desenvolvidas para se obterem os melhores métodos de criação massal, em laboratório, visando o controle da praga mais importante da cultura da cana de açúcar, a broca da cana-de-açúcar (Diatraea saccharalis). Compilaram-se neste trabalho, os atuais métodos de produção massal de Cotesia flavipes, bem como, as salas necessárias em um laboratório de controle biológico, com os ambientes favoráveis para criação e manutenção do hospedeiro (Diatraea saccharalis) e do parasitóide (Cotesia flavipes) durante todo o ano. Discutiu-se ainda a necessidade do controle de qualidade dentro da criação massal de insetos benéficos, sendo a contaminação por patógenos, um dos maiores obstáculos para conseguir um produto de qualidade e que tenha desempenho desejável no campo.

Palavras-chave


Laboratório de Controle biológico;Produção massal;Inimigo natural

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/nucleus.v5i2.86

Incluir comentário