TESTES DE DETERIORAÇÃO CONTROLADA E DE ENVELHECIMENTO ACELERADO NA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE REPOLHO

Paula Mauri Bernardes, José Carlos Lopes, Rafael Fonsêca Zanotti, Ludymila Brandão Motta, Liana Hilda Golin Mengarda, Cristiane Spadeto

Resumo


O objetivo do trabalho foi verificar a eficiência dos testes de deterioração controlada e envelhecimento acelerado na diferenciação da qualidade fisiológica de sementes de repolho, cvs. “quatro estações” e “sessenta dias”. As sementes foram submetidas aos testes de deterioração controlada com teores de água de 16, 18, 20 e 22%, a 45 ºC durante 24 h, e ao teste de envelhecimento acelerado (45 ºC por 48 h). Em seguida, as sementes foram dispostas em placas de Petri, acondicionadas em BOD com temperatura constante de 30 ºC, sendo avaliadas quanto à germinação e ao vigor. Os testes de envelhecimento acelerado e deterioração controlada são eficientes para identificar diferentes níveis de vigor das sementes dos cultivares de repolho “quatro estações” e “sessenta dias”, principalmente por meio da análise do índice de velocidade de geminação.

Palavras-chave


Brassica oleracea L.; germinação; vigor

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.1225