AVALIAÇÃO ULTRASSONOGRAFIA DA ECOGENICIDADE DO PARÊNQUIMA TESTICULAR COMO EXAME COMPLEMENTAR NO ANDROLÓGICO DE CARNEIROS.

Pedro Paulo Maia Teixeira, Maria Emilia Franco Oliveira, Tathiana Ferguson Motheo, Carla Cristina D'amato, Luiz Fernando de Souza Rodrigues, Wilter Ricardo Russiano Vicente

Resumo


O objetivo deste trabalho foi padronizar um método de ultrassonografia para exames do parênquima testicular em andrológicos de carneiros (n=6). Foi realizada biometria testicular, espermiograma e exame ultrassonográfico do parênquima testicular, realizando imagens do parênquima testicular e aferido o percentual de ecogenicidade em pela escala de cinza no próprio aparelho, correlacionando com dados da biometria e espermiograma. Verificaram-se correlações positivas entre a ecogenicidade e a concentração espermática (p=0,0192 e r2= 0,4373) e entre ecogenicidade e motilidade massal (p=0,0358 e r2= 0,37), demonstrando que o método é eficiente para diagnosticar alterações escrotais assintomáticas aos exames convencionais, contribuindo para a reprodução animal.

Palavras-chave


Ultrassom, parênquima testicular, carneiros, exame andrológicos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/na.v3i1.490