CARBÚNCULO SINTOMÁTICO EM RUMINANTES: MEDIDAS DE DIAGNÓSTICO, PROFILAXIA E CONTROLE

Sthefany Kamile dos Santos, Joselaine Bortolanza Padilha, Diessyca de Mello, Guilherme Fernando Mattos Leão, Elaine Pasqualin Noriler, Margarete Kimie Falbo, Pedro Paulo Maia Teixeira

Resumo


O Carbúnculo Sintomático é uma clostridiose que acomete os ruminantes de todas as idades. Alguns animais podem apresentar sinais clínicos inespecíficos como febre, apatia e anorexia, ou sinais referentes ao sistema locomotor como rigidez muscular, claudicação, com inchaço subcutâneo e crepitação local no membro afetado, embora na maioria dos casos ocorra morte súbita. Várias ferramentas podem ser utilizadas para o diagnóstico desta enfermidade, mas todas apresentam empecilhos quanto à sua utilização, como ausência de sinais clínicos, devido ao curso agudo da doença, rapidez para realizar a avaliação da carcaça, bem como dificuldade do envio de amostras para isolamento. O tratamento do Carbúnculo Sintomático não é eficaz, e devido às características ambientais do agente a prevenção da doença através de medidas de higienização e imunização são recomendadas para prevenir a ocorrência de casos numa propriedade. Diante do exposto, este trabalho tem como objetivo fazer uma breve revisão sobre as formas de diagnóstico, profilaxia e controle do Carbúnculo Sintomático

Palavras-chave


Bovinos; Clostridioses; Prevenção; Ovinos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.1072